Vaticano satisfeito com recuperação de antiga igreja em Albufeira

Templo já existia em 1305 e foi um dos mais emblemáticos do Algarve

.

O presidente do conselho pontifício para a cultura do Vaticano esteve com o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, na semana passada, tendo mostrado a sua satisfação com o projeto de recuperação da igreja matriz de Santa Maria, em Albufeira.

O cardeal italiano, que é responsável pela cultura do Vaticano, deu o seu aval ao atual projeto da câmara municipal para recuperar a antiga igreja matriz de Santa Maria, para que seja um dos pontos culturais de destaque do concelho.

Tal como o JORNAL DO ALGARVE adiantou em meados de dezembro passado, a autarquia de Albufeira candidatou a reabilitação do espaço da antiga igreja matriz de Albufeira ao programa operacional CRESC Algarve 2020. Esta antiga matriz de Albufeira foi um dos templos cristãos mais emblemáticos do Algarve e a sua reabilitação prevê um orçamento superior 1,6 milhões de euros.

“Trata-se de um templo que já existia em 1305, segundo as fontes escritas constantes no arquivo nacional da Torre do Tombo”, frisa a autarquia.

A igreja remonta à época de D. Dinis e ficou destruída na sequência do terramoto de 1755 e posteriormente foi incendiada, no decurso das lutas liberais (1833)…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 8 DE FEVEREIRO)

JA

You must be logged in to post a comment Login