Universidade: CCMAR lança projeto para acabar com plásticos em restaurantes e cafés

.

.

Estabelecimentos localizados junto ao Campus de Gambelas, em Faro, já aderiram. Objetivo da campanha do Centro de Ciências do Mar é alargar a iniciativa a outras zonas

.

“Low plastic footprint” é o nome da nova campanha de sensibilização que quer descartar os plásticos de espaços comerciais. Um grupo de investigadores do Centro de Ciências do Mar (CCMAR) da Universidade do Algarve (UAlg) lançou o apelo à comunidade para a criação de uma “Pegada com menos plásticos” e o resultado é, para já, uma adesão significativa por parte de restaurantes e cafés da zona de Gambelas.

Katy Nicastro e Gerardo Zardi desenvolvem no CCMAR uma linha de investigação que estuda os efeitos dos desperdícios plásticos no mar. “O plástico não é um material biodegradável, por isso todo o impacto provocado pelo seu uso, vai interferir com o planeta e em particular com os organismos marinhos”, alertam.

Movidos por este lema, de reduzir a pegada ecológica, usando menos plásticos no nosso dia-a-dia, os dois investigadores contactaram algumas unidades do setor da restauração a quem propuseram o desafio de acabar com plásticos descartáveis. Começando pela comunidade mais próxima e movidos pela sensibilidade dos estudantes que vivem e estudam no Campus de Gambelas, os investigadores conseguiram o apoio de todos os restaurantes e cafés contactados e esperam vir a aumentar o número de comércio aderente à iniciativa.

Em redor do campus, os restaurantes Montebranco, San Remo e Arte Café aderiram à campanha. Até mesmo um dos bares gerido pelos Serviços de Ação Social se juntou à iniciativa e vai servir como piloto do projeto, dentro da UAlg. Em breve a iniciativa pode estender-se aos restantes sete bares que estes Serviços gerem nos restantes campi da Universidade.

O projeto alia a investigação às boas práticas ambientais e pretende, para além de alertar para a questão dos plásticos, reduzir o seu consumo efetivo, começando por um restaurante de cada vez. A iniciativa irá certificar estes espaços comerciais com a atribuição de um diploma para mostrar que não usam talheres, misturadores, pratos, copos, sacos ou palhinhas de plástico.

Na plataforma que lançaram on-line, é possível consultar os espaços que já aderiram à iniciativa num mapa interativo e também obter conselhos úteis sobre a fácil substituição destes materiais em plástico por outros que sejam mais amigos do ambiente e cujo uso não tenha o impacto que o plástico provoca.

O projeto, da equipa composta por vários investigadores (Gerardo Zardi, Katy Nicastro, Nadja Velez e Lorenzo Cozzolino), foi apresentado oficialmente na passada sexta-feira, dia 8, no Dia Mundial dos Oceanos. Na mesma sessão foi exibido o filme “Albatross”, um documentário que narra a problemática do lixo plástico e do seu impacto em espécies como o albatroz, cujos estômagos estão repletos destes nossos desperdícios de plástico.

You must be logged in to post a comment Login