“Lagos e o Mar – Terra de Descobertas” é o tema da Feira Arte Doce

.

No último fim de semana de julho (27, 28 e 29), Lagos transforma-se na capital artística da doçaria algarvia, com a realização da Feira Concurso Arte Doce.

“Lagos e o Mar – Terra de Descobertas” foi o tema escolhido para a 31ª edição da feira e a organização explica porquê: “Lagos manteve, desde sempre, uma forte ligação ao mar, com grande relevância nos séculos XV e XVI, pois foi aqui que o Infante D. Henrique armou as caravelas que alcançaram a costa de África, dando início à epopeia dos descobrimentos portugueses, e de onde partiu Gil Eanes, o navegador natural de Lagos que ousou desafiar os medos e demonstrou que o mundo não acabava no cabo Bojador e que o mar não era povoado por monstros marinhos, como rezavam as lendas”.

Atualmente, frisa a autarquia, essa ligação ao mar continua muito presente e, hoje, “Lagos não representa apenas o arranque dos descobrimentos, mas é também terra de descobertas, em que todos os dias surgem novas oportunidades de descobrir e experienciar algo único e autêntico”.

As inscrições para a participação dos doceiros e doceiras estão abertas até 9 de julho.

JA

You must be logged in to post a comment Login