Francisco Amaral congratula-se com reconhecimento internacional da Eurocidade do Guadiana

.

O presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral, congratulou-se com o facto da Eurocidade do Guadiana ter sido registada, recentemente, como Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT), tornando-se o primeiro instrumento europeu de cooperação transfronteiriça de alcance territorial criado na Eurorregião Andaluzia-Algarve-Alentejo.

“Temos de nos orgulhar pelo reconhecimento formal deste entidade que poderá, a partir de agora, desenvolver duas importantes áreas para estes territórios, uma que diz respeito à promoção das três cidades como destino turístico único e outra que respeita à dinamização das áreas ligadas à juventude”, sublinhou o autarca.

Anteriormente a Eurocidade do Guadiana era fruto de um protocolo de colaboração entre os municípios de Ayamonte, Castro Marim e Vila Real de Santo António. A constituição como AECT “abre novas perspetivas para o futuro dos três municípios, já que a fronteira não será agora um obstáculo administrativo e poderão candidatar-se a fundos comunitários específicos para as ‘eurocidades’, considerou Francisco Amaral.

You must be logged in to post a comment Login