Segurança é mais valia mas não deve ser publicitada

O que pensam os especialistas sobre o impacto do terrorismo na região?

Muito pode ter mudado no turismo algarvio ao longo das últimas décadas, mas o sentimento de segurança nunca foi abalado

Há consenso que a segurança vivida na região joga a favor do turismo algarvio e é hoje um dos seus principais trunfos de sucesso face a outros destinos. No entanto, os especialistas ouvidos esta semana pelo JA acentuam que “não pode nem deve ser objeto de publicidade”, considerando mesmo “errado” apresentar o Algarve como alternativa por essas razões. A mais valia – sublinham – são as nossas (imensas) qualidades…!

 

Entrevistas com:

* Elidérico Viegas, presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA): “Atos terroristas explicam aumento da procura”

* Vítor Neto, presidente Associação Empresarial do Algarve (NERA) e antigo secretário de Estado do Turismo (1997-2002): “Temos de trabalhar com prudência e sem alardes”

* Dora Coelho, diretora executiva da Associação Turismo do Algarve (ATA), responsável pela promoção externa do Algarve: “Não podemos ter a pretensão de ser o destino mais seguro da Europa”

* Desidério Silva, presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA): “O contexto internacional é favorável”

(NOTÍCIA PUBLICADA NA ÍNTEGRA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – DIA 15 DE DEZEMBRO)

Nuno Couto | Jornal do Algarve

You must be logged in to post a comment Login