Estado vai comparticipar salários do setor turístico na época baixa

.

Programa «Formação-Algarve» prevê pagamento correspondente a 50% da retribuição mensal bruta de um trabalhador.

O Estado vai comparticipar o pagamento de salários de trabalhadores do setor turístico do Algarve nos casos em que as empresas decidam manter os postos de trabalho durante a época baixa, disse fonte do Ministério da Economia.

Criado especificamente para a região algarvia, o programa «Formação-Algarve» prevê o pagamento de um apoio financeiro correspondente a 50% da retribuição mensal bruta de um trabalhador, caso a empresa prolongue o seu contrato a termo para lá do final da época alta, por um período mínimo de um ano.