CRÓNICA DE FARO: Salvé, vice-campeões do mundo!

OPINIÃO | JOÃO LEAL

Tem um longo de brilhante historial, de muitas e vividas décadas, o Clube dos Amadores de Pesca de Faro, dinâmica agreminação que trouxe para o nosso país, mais umas distinções mundiais, desta feira concretizada com a conquista do honronso título de Vice-campeões do Mundo de Pesca de Costa (Pesca Desportiva de Praia). Aconteceu em La Tremblade, na França, aquando da 25.ª edição do Campeonato do Mundo de Clubes desta participada modalidade desportiva que, entre nós e, um pouco por toda a parte, com milhões de praticantes.
Já em fins de 2016, o CAP Faro subira ao lugar cimeiro do pódio ao alcançar a vitória no Campeonato Nacional da I Divisão, que constituiu o passaporte para a participação na prova onde ora se houveram com o honroso título de sub-campeões mundiais prestigiando a capital sulina, a região mãe e Portugal.
Se tremula bem alto a bandeira clubista na sua movimentada sede da Rua Dr. José de Matos, ali no Bom João, onde dezenas de troféus atestam o que tem sido a meritória vivência dos “pescadores” farenses, recordamos as sucessivas gerações que lhe deram o melhor de si mesmo, desde os tempos pioneiros em que se sediava à Pontinha, em imóvel já desaparecido, na confluência das Ruas de Santo An-tónio e Dr. João Lúcio. Como ora, com a legítima vaidade de farense e deste feito alcançado por gentes de Faro, saudarmos o Vítor Correia, o Jorge Luís, o Paulo Graça, o Fernando Valente, o Vítor Santos, o Luciano Santos e o João Santos, com um “urrah” bem forte e as mais elevadas felicitações.
As comunidades, as terras, as regiões, não vivem apenas dos cifrões gerados pela economia e dos “feitos políticos”, que importantes são, mas a vida autêntica acontece nestas intervenções e no gerar de memórias, como os campeões do Clube de Amadores de Pesca de Faro o souberam fazer em terras de França, com a conquista do título de Vice-campeões do Mundo!

João Leal

You must be logged in to post a comment Login