Álvaro Parente abandona no Algarve por avaria do McLaren

.

O português Álvaro Parente (McLaren) abandonou no domingo a corrida da ronda portuguesa do Campeonato do Mundo FIA GT1, em Portimão, devido a avaria no motor, a 10 minutos de terminar a prova, para se classificar na 11.ª posição.

Parente, que divide o McLaren com o francês Grégoire Demoustier, rodou apenas cinco voltas, depois do seu colega de equipa ter efetuado a primeira parte da corrida no circuito do Autódromo Internacional do Algarve (AIA).

“Foi um resultado frustrante conseguido em casa, porque pensava que conseguiríamos fazer melhor”, lamentou o piloto português no final da prova.