Algarvios exigem mais obras e menos portagens

.

Bermas esventradas, rotundas incompletas, vias transversais cortadas. A requalificação da estrada nacional 125 – a única alternativa para fugir às portagens na Via do Infante – está suspensa por tempo indeterminado. A população e os autarcas estão indignados e exigem o fim da cobrança no Algarve para compensar a região dos danos causados pela paragem das obras…

(Toda a reportagem na edição em papel do Jornal do Algarve – dia 23 de agosto)

Nuno Couto/Jornal do Algarve