Ondulação obriga a fechar acesso à marginal de Quarteira e à Ilha de Faro

.

A forte ondulação e o vento que se regista hoje na costa algarvia obrigou a fechar os acessos à marginal de Quarteira e o acesso à ilha e à praia de Faro.

Na ilha de Faro, a escola primária foi encerrada na parte da tarde e os alunos foram retirados.

A maré começou a baixar a partir das 14h30, mas os acessos continuaram interditos durante a tarde como medida de precaução.

As previsões apontam para a continuação de vento forte e de agitação marítima com ondas de 6 metros de altura, podendo atingir os 9 metros, até amanhã, sexta-feira.

Seis barras do Algarve estão encerradas e a Autoridade Marítima reforçou o alerta de prevenção por todos aqueles que se encontram junto linha de costa.

A Autoridade Marítima nacional (AMN) recomenda o reforço da amarração e vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas, bem como evitar passeios junto ao mar, de onde se destacam os molhes das entradas das barras e zonas nas praias junto à água.

“Aconselha-se igualmente que os marítimos mantenham um estado de vigilância permanente e o acompanhamento da evolução da situação meteorológica e dos avisos à navegação e de previsão meteorológica radiodifundidos pela Marinha, evitando sair para o mar até que as condições melhorem”, refere a AMN.

À população em geral que frequente as zonas costeiras, a AMN aconselha que “até ao final da semana se abstenham da prática de passeios junto à costa e nas praias, bem como da prática de atividades lúdicas nas zonas expostas à agitação marítima, sendo essencial que assumam uma postura preventiva não se expondo desnecessariamente ao risco”.

You must be logged in to post a comment Login