Futebol: Portimonense reforça posição na zona média da tabela

.

O Portimonense está cada vez mais perto de alcançar o objetivo traçado no início da temporada, ou seja, garantir a manutenção na Primeira Liga o mais rápido possível.

Com o triunfo em casa diante do Moreirense por 4-3, depois de estar a perder por 0-3, os pupilos de Vítor Oliveira conseguiram uma reviravolta quase épica e subiram à nona posição, somando agora 34 pontos, ou seja, mais onze do que o Feirense, a equipa que está imediatamente por baixo da linha de água, quando faltam disputar seis jornadas.

Tozé, aos 38 minutos, de grande penalidade, e Bilel Aouacheria, dois minutos depois, deram ao Moreirense a vantagem de dois golos com que se chegou ao intervalo. As coisas complicaram-se ainda mais para o Portimonense no início da segunda parte, quando Tozé aumentou para 0-3 aos 52 minutos.

Mas quando tudo parecia perdido para a formação algarvia, Pires e Ruben Fernandes, aos 56 e aos 64 minutos, respetivamente, voltaram a dar vida ao Portimonense, que nunca baixou os braços.

A equipa do Moreirense, entretanto já encostada às cordas, tremeu quando se apercebeu que os três pontos, que estavam praticamente garantidos, poderiam estar em causa e os seus jogadores acabaram por provocar duas grandes penalidades já no tempo extra concedido pelo árbitro.

As penas máximas foram convertidas por Pires (aos 90 e aos 90+4 minutos), confirmando uma reviravolta que foi, acima de tudo, fruto do empenho, da vontade de vencer e do acreditar que o jogo só termina no momento do último sinal sonoro do árbitro.

You must be logged in to post a comment Login