Faro: Sexta-feira há protesto contra “degradação do transporte ferroviário”

.

.

Quatro organizações sindicais e a Comissão de Utentes da Linha do Algarve organizam esta sexta-feira (17h00), junto à estação de Faro, uma concentração de protesto contra o que consideram “a degradação do transporte ferroviário no Algarve”.

A ação é promovida, além dos utentes da linha do Algarve, pela União dos Sindicatos do Algarve/CGTP-IN, Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações e Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário.

“É inadmissível o que se passa na linha ferroviária do Algarve, onde se suprimem muitas das circulações previstas, o material circulante é obsoleto, os horários da linha e de ligação a outros pontos do País são desajustados das necessidades das populações, não há articulação com outros modos de transportes, tudo isto apesar dos sucessivos anúncios de muitos milhões para esta linha”, lamenta a União dos Sindicatos do Algarve.

Aquela organização sindical considera que o caminho-de-ferro “é estruturante para um serviço público de transportes na região”, mas lamenta que “o que se assiste, diariamente, é ao seu desaparecimento”.

“Esta iniciativa de protesto, e em defesa da melhoria do serviço ferroviário no Algarve, vem colocar a exigência de comboios modernos e com horários que respondam às necessidades das populações, quer nas ligações regionais quer para outros pontos do País”, explica.

Faro, 11 de Julho de 2018

You must be logged in to post a comment Login