Filme revela histórias e segredos do medronho além fronteiras

.

O filme documental “Medronho Todos os Dias”, realizado por Sílvia Coelho e Paulo Raposo, foi selecionado para o prestigiado festival NAFA – International Ethnographic Film Festival, que arrancou no dia 11 e estende-se até 15 de setembro de 2018, em Cluj-Napoca, Roménia.

“Medronho Todos os Dias” integrará a programação da trigésima oitava edição deste festival que se realiza desde 1979 e que, este ano, é organizado pelo Ciné-Trans em estreita colaboração com a universidade de Babeș-Bolyai.

“Este filme, rodado durante dois anos, acompanha o saber singular do processo de produção de aguardente de medronho e a sua presença por toda a região de Monchique, promovendo a sua matriz identitária e desvelando esta cultura ancestral, cada vez mais ameaçada tanto pelo fogo como pela desertificação”, revela a realizadora Sílvia Coelho.

O filme foi distinguido com uma menção honrosa do Prémio Fundação Inatel para “Melhor Filme de Temática Associada a Práticas e Tradições Culturais e ao Património Imaterial da Humanidade”, no festival DocLisboa 2017.

O filme conta no elenco com a participação de Joaquim Valério, Joaquim Arracha, Joaquim Teixeira, José Viana, Leonilde Viana, José da Silva, José Rosende e o Grupo Coral da Confraria do Medronho ‘Os Monchiqueiros’.

NC|JA

You must be logged in to post a comment Login