BASAP expõe em Faro momentos e emoções

.

Trabalhos do jovem artista de Vila Real de Santo António, Fábio Soares, podem ser vistos até ao dia 20 de março na galeria do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ)

DOMINGOS VIEGAS

A galeria de exposições da Delegação Regional do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), em Faro, recebe até ao dia 20 de março a exposição de pintura do artista vila-realense BASAP (Fábio Soares). A inauguração acontece esta sexta-feira às 18h30 e a mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 09h00 às 18h00.

Depois de ter participado em várias exposições coletivas, esta é a primeira exposição individual deste jovem, de 21 anos, de Vila Real de Santo António, atualmente a frequentar o terceiro ano do curso de Artes Visuais na Universidade do Algarve, onde admite que ganhou “uma noção completamente diferente do que é a arte”, depois de ter completado o curso de Artes Visuais no Ensino Secundário e beneficiando sempre de bolsas de estudo de mérito.

“As minhas obras refletem aquilo que eu sou e penso, expresso os momentos ou situações no suporte, crio personagens e obtenho resultados únicos e puros, com vários tipos de materiais, desde marcadores acrílicos a spray, passando por tinta acrílica, tinta a óleo, tinta de parede, pastel de óleo, grafite ou colagens”, explica o artista, que utiliza diversos suportes para as suas obras, a maioria madeira mas também telas ou até peças de um móvel abandonado no lixo.

O prazer que Fábio Soares, ou BASAP, sentiu sempre em criar foi transformando-se “vício”, já que o que passa pela sua mente traz-lhe ideias novas todos os dias.

Passou, assim, a pintar diariamente. Admira outros artistas, principalmente o norte-americano Jean-Michel Basquiat (o artista que mais o inspirou) e a sua liberdade de pensamento, por “colocar na tela aquilo que ele tinha em mente sem qualquer barreira”.

Com fortes contrastes de cor, luz e sombra, os trabalhos de BASAP têm um caráter muito forte e intenso. “Refletem muitos pensamentos, realidades e mentiras em que acreditamos todos os dias.”, explica o jovem artista.

You must be logged in to post a comment Login