Algarvios são os que mais abusam do sal

Um inquérito nacional sobre hábitos alimentares e saúde indica que 36% dos algarvios abusam do sal à mesa, contra apenas 9% na região Norte. A Administração Regional de Saúde reage a este dado alarmante com uma campanha para reduzir ou banir o uso do saleiro à mesa

.

São quase 36% os algarvios que adicionam sal no prato, um dado que leva agora a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, através do Departamento de Saúde Pública e Planeamento, a promover uma campanha para sensibilizar a população para a redução de sal na alimentação.

De acordo com os dados do Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico (INSEF), 17,7% dos portugueses inquiridos referiram adicionar sal no prato da sua comida pela utilização do saleiro. Porém, o estudo revela que o padrão de consumo adicional de sal é diferente entre sexos, grupos etários, situação laboral e nas diversas regiões do país.

“O consumo adicional de sal é mais prevalente entre homens, no grupo etário dos 25 aos 34 anos, em pessoas empregadas e na região do Algarve. Mesmo com o diagnóstico de hipertensão arterial, 13,7% dos inquiridos adicionam sal na comida. Entre as várias regiões, o costume demonstra grandes assimetrias, variando entre 9,2% no Norte e 35,8% no Algarve”, refere a ARS…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 7 DE JUNHO)

NC|Jornal do Algarve

You must be logged in to post a comment Login