Algarve no rumo do turismo sustentável

Dez unidades da região galardoadas com ‘bandeira verde’

O hotel Vila Galé Albacora, em Tavira, é um dos dez estabelecimentos turísticos do Algarve que foram distinguidos

Dez estabelecimentos turísticos algarvios foram distinguidos, na semana passada, pela sua boa conduta ambiental. O galardão internacional do programa Green Key, que promove o turismo sustentável em Portugal através do reconhecimento de estabelecimentos turísticos, alojamento local, parques de campismo e restaurantes que implementam boas práticas ambientais e sociais, atribuiu a ‘bandeira verde’ a uma dezena de unidades de alojamento no Algarve, o dobro das unidades galardoadas em 2017.

Para o presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA), Desidério Silva, esta distinção “é mais uma prova de que o Algarve ruma em direção ao turismo sustentável, tendo sempre como foco os benefícios sociais, económicos e ambientais”.

“É muito importante continuarmos neste caminho, pois só assim poderemos ser considerados um destino de referência turística nível internacional”, realça Desidério Silva.

O programa Green Key tem como principais objetivos “a consciencialização para a adoção de práticas e comportamentos sustentáveis, a redução do impacto ambiental nas atividades comerciais e a promoção da redução e eficácia no consumo dos recursos naturais”.

A Associação Bandeira Azul da Europa, que coordena o programa a nível nacional, premiou este ano os hotéis Conrad (Quinta do Lago – Loulé), Hilton Vilamoura, Pine Cliffs (Albufeira), Vila Galé Albacora (Tavira), Aqua Pedra dos Bicos (Albufeira), Vale d’el Rei (Lagoa), Velamar (Albufeira), assim como a unidade de agroturismo Casa Vale da Lama (Odiáxere – Lagos) e as unidades de alojamento Casa Biota-Este e Casa Biota-Oeste, ambas em Sagres (Vila do Bispo).

JA

You must be logged in to post a comment Login