Algarve ganha cinco milhões de dormidas em cinco anos

Região volta a bater recordes de turismo em 2017

.

A atividade turística fechou o ano passado a bater novos recordes na região, atingindo um total de 19 milhões de dormidas, mais cinco milhões do que há cinco anos. Os números de 2017 revelados pelo INE apontam ainda subidas acentuadas em termos de proveitos, movimentos no aeroporto e voltas de golfe, indicando que o turismo algarvio vai mesmo de vento em popa

 

O turismo algarvio voltou a bater recordes em 2017. O Algarve atingiu um total de 19 milhões de dormidas no ano passado, um avanço de 5,3% em relação a 2016, que também já tinha sido um ano recorde. E são mais cinco milhões de dormidas do que em 2012…!

“A hotelaria do Algarve deu um passo de gigante ao longo dos últimos cinco anos, dos 14 milhões para os 19 milhões de dormidas. Isso deve-se ao facto de termos vindo a desenvolver a nossa oferta turística. O sol, a praia e o golfe são importantes, mas o Algarve tem muito mais: caminhadas, passeios de natureza, observação de aves, cicloturismo, gastronomia, vinhos, entre muitos outros produtos”, refere ao JORNAL DO ALGARVE o presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA).

Segundo Desidério Silva, este alargamento da oferta turística na região também está a contribuir para esbater a sazonalidade. “A procura está a aumentar entre os meses de outubro e maio, nas épocas baixas e médias, o que coloca o Algarve muito perto de atingir o modelo de sustentabilidade. Aliás, em 2017, a taxa de ocupação já ultrapassou os 75%”, acentua o líder do turismo algarvio, que ocupa este cargo há precisamente cinco anos…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 22 DE FEVEREIRO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

You must be logged in to post a comment Login