Angola: UNITA ameaça não participar nas eleições de 31 de Agosto

UNITA ameaça não participar nas eleições de 31 deste mês

A UNITA, maior partido da oposição em Angola, ameaça não participar nas eleições gerais de 31 deste mês, caso não estejam reunidas “condições de liberdade, igualdade e justiça”.

“Se estiverem criadas, vamos todos votar. Se não estiverem criadas, não iremos votar. Se a lei não for cumprida, ninguém irá votar, porque somos um Estado de Direito e não podemos votar contra a lei”, acrescentou a fonte contactada pela Lusa, e que solicitou anonimato.

O anúncio público da intenção será feito quinta-feira, no final da reunião da Comissão Permanente do partido do Galo Negro.