Recordes do turismo contrastam com baixos salários

Sindicato chama atenção para a cada vez maior contradição no setor

Os empresários alegam que “a crise de 2008 esmagou muito os preços praticados, afetou negativamente os resultados económicos e conduziu à descapitalização das empresas”

O turismo algarvio está em alta, mas os salários continuam a marcar passo. Por isso, o Sindicato da Hotelaria do Algarve chama a atenção para a cada vez maior contradição existente no setor, reclamando por melhores salários, num contexto de recordes sucessivos de receitas. “Existem mais que condições para as empresas pagarem melhores salários”, reivindica o coordenador do sindicato, Tiago Jacinto, frisando que os ritmos e intensidade de trabalho têm vindo a aumentar bastante nos hotéis, restaurantes, cafés e nas empresas ligadas ao turismo no Algarve, sem qualquer recompensa para os trabalhadores. Já os empresários lembram que o país está a sair de uma crise e que a recuperação dos investimentos não acontece de um dia para o outro…

“O turismo atinge recordes históricos mas os trabalhadores continuam a empobrecer”, lamenta o coordenador do sindicato, Tiago Jacinto

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – DIA 16 DE FEVEREIRO)

Nuno Couto | Jornal do Algarve