Olhão: PS acusa PSD de “falta de visão” e de querer “travar o desenvolvimento”

António Pina, líder do PS-Olhão e vice-presidente da Câmara Municipal

António Pina, líder do PS Olhão, lamenta que a bancada do PSD local tenha votado contra o projecto de financiamento para reconversão dos largos históricos de Olhão e criação do Percurso das Lendas, apresentado pelo executivo na última Assembleia Municipal.

“A proposta visa valorizar a zona histórica de Olhão, bem como atrair ao centro e baixa da cidade maior número de turistas, incrementando assim o comércio e a economia locais”, explica António Pina, frisando que a proposta “foi considerada por quase todas as bancadas municipais como boa e defensora dos interesses de Olhão, dos seus comerciantes e da população em geral”.

Neste sentido, o líder dos socialistas olhanenses denuncia a “falta de visão do PSD local”, ao votar contra uma proposta que “mereceu o apoio de todas as forças políticas (PCP e BE), incluindo do seu parceiro de coligação, o CDS/PP”.

“Esta atitude do PSD é contrária ao desenvolvimento de Olhão, do seu turismo, da sua cultura e da sua economia”, considera António Pina.

O líder do PS-Olhão vai mais longe e considera mesmo que a posição do PSD é “imatura” e “irresponsável”, porque o não lançamento desta iniciativa neste momento “levaria à perda de fundos comunitários destinados à mesma, o que teria como conclusão óbvia que a ser feita posteriormente teria que ser totalmente custeada pelo Município”.

“Apesar desta atitude de uma oposição que se diz construtiva, os olhanenses podem contar com o PS Olhão para, mesmo nestes tempos difíceis onde o Governo, liderado por esta mesma direita que em Olhão é contra o desenvolvimento, sujeita as autarquias a cada vez maiores restrições e dificuldades, continuar a zelar e a defender o progresso de Olhão”, garante António Pina.