Música é a mensageira da solidariedade com os bombeiros em Albufeira

Conservatório de Albufeira não fica indiferente à tragédia dos incêndios

.

A próxima Gala do Conservatório de Albufeira, que se realizará no dia 11 de dezembro, pelas 17h30, no auditório municipal de Albufeira, será este ano particularmente dedicada ao “bombeiro português”, como forma de “homenagear todos os homens e mulheres do nosso país cujo espírito altruísta, coragem, generosidade e dedicação os impeliu a arriscar as suas vidas em beneficio do próximo”.

“A música e a arte, os músicos e os artistas, não podem ficar indiferentes à tragédia que assolou o nosso país ao longo deste ano 2017”, referem os responsáveis do conservatório, frisando que “ser bombeiro é muito mais do que um emprego, muito mais do que um passatempo, ou a mera ostentação de uma farda, é acima de tudo, uma paixão”. “Significa deixar a família na angústia do que poderá acontecer, entregar-se às chamas às vezes sem retorno. Ser bombeiro é ter a vida como o valor mais elevado e olhar os colegas como verdadeiros irmãos. É sangue, suor e lágrimas”, acentuam os artistas, professores e alunos do Conservatório de Albufeira, que querem, desta forma, colocar a sua paixão e dedicação pela música ao serviço de quem abraça esta causa.

Refira-se que o conservatório já colabora ativamente com outras entidades de cariz social, tais como a Santa Casa da Misericórdia de Albufeira e o Centro Paroquial de Paderne, nos quais ministra aulas de coro e expressão musical.

A entrada na gala é livre.

NC|JA