Municípios algarvios revelam soluções eficazes para um novo futuro

Arrancou ontem o Next.mov – Smart Region Summit, um espaço de reflexão sobre o futuro da mobilidade e da inovação tecnológica aplicada na definição de novas soluções para tornar o Algarve uma "smart region". Perto de 3 mil pessoas visitaram o Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, no primeiro dia de um evento inédito no país

.

Partilhando uma visão comum, os 16 municípios do Algarve apresentaram-se unidos na concretização de um desafio que pretende tornar o Algarve numa região mais sustentável, com sistemas iguais para todos os habitantes, livre de carbono e economicamente mais forte. A solução passará pela criação de um Observatório para a Mobilidade, de um Plano Intermunicipal para as Alterações Climáticas, de um Plano Intermunicipal de Transportes e da reengenharia dos serviços, alguns dos projetos a serem desenvolvidos pela Comunidade Intermunicipal do Algarve – AMAL, entidade responsável pela organização do evento.

Melhorar o sistema de tarifário, tornar a bilhética inteligente, garantir que a informação esteja mais próxima das pessoas e melhorar a oferta dos serviços de transporte público, mediante o alargamento da rede de circuitos e com uma maior diversidade de horários que responda às reais necessidades do utilizador. Estas foram algumas das conclusões do 1.º Encontro Nacional de Autoridades Intermunicipais de Transportes que contou com a participação de mais de vinte entidades nacionais do setor.

A implementação do novo Regime Jurídico do Serviço Público de Transporte de Passageiros, cujo período transitório termina a 3 de dezembro de 2019, é uma preocupação unânime entre as diversas autoridades intermunicipais, que assumiram o compromisso de avançar urgentemente com uma estruturação institucional e a definição de um modelo de relacionamento entre as autoridades e os operadores.

Após o encerramento do último painel desta quinta-feira, dedicado ao Transporte Público, o Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, classificou o Smart Region Summit enquanto “um espaço de reflexão” no qual “a AMAL está a refletir com os operadores e empresas da região” para planear o futuro. Pedro Marques relembrou que está em fase de negociação o próximo ciclo de fundos comunitários e que o Algarve deve determinar quais são os seus principais objetivos para os próximos anos, porque as decisões para o futuro começam agora – na defesa dos financiamentos que permitam aplicar essas políticas.

O evento Smart Region Summit decorre até ao final desta sexta-feira no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

JA

You must be logged in to post a comment Login