Marcelo indica Marques Mendes para substituir Relvas

.

O comentador político considera que Miguel Relvas deve demitir-se, porque está a afetar a credibilidade do Governo.

Marcelo Rebelo de Sousa defendeu ontem à noite, no “Jornal das 8″ da TVI, que o relatório sobre as equivalências de Miguel Relvas na Lusófona é “frágil” porque tem uma “fundamentação cientificamente muito fraca”.

Para o comentador político, o Governo tem um problema que é um “buraco” no ministro da Presidência que deve ser logo ocupado.

“Objetivamente isto é desgastante. Obviamente que eu acho ridículo estar a dizer que esta é uma razão específica e que só por causa dela se deve fazer uma remodelação no Governo”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, sublinhando, no entanto, que esta situação e outras anteriores são um desgaste para o Governo e afetam a sua credibilidade.

“Beneficiária foi a licenciatura de José Socrates. E agora as pessoas dizem foi tudo estranho no final, mas ao menos esse tirou seis vezes mais cadeiras”, realçou.

Marques Mendes com perfil ideal

O professor defendeu ainda que que Marques Mendes tem um perfil ideal para substituir o ministro da Presidência.

“Luís Marques Mendes esteve na presidência do Conselho de Ministros com Cavaco, esteve na presidência do Conselho de Ministros com Durão Barroso, foi líder do partido, conhece o que é a coordenação política e juídica, todas as semanas na TVI24 fala da agenda política do Governo e dá conselhos ao primeiro-ministro e ao partido sobre o que não está a ser feito e devia”, concluiu Rebelo de Sousa.

(Rede Expresso)