Festival de Observação de Aves com atividades para toda a família

.

Estão abertas as inscrições para a terceira edição do Festival de Observação de Aves, que decorre entre 30 de setembro e 7 de outubro, em Sagres. As atividades previstas incluem saídas de campo, passeios de barco, cursos, jogos, tertúlias, construção de caixas-ninho, passeios de burro e de cavalo, entre outras.

A iniciativa promovida pelo município de Vila do Bispo e a Associação Almargem, que conta com a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves como entidade executora, tem à disposição dos participantes um leque ainda mais variado de atividades, dirigido a adultos e crianças.

A península de Sagres, no concelho de Vila do Bispo, está integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e é uma das zonas mais importantes do Algarve e do país para a avifauna. Este local alberga espécies únicas na região e é palco de um fenómeno natural que, em Portugal, não encontra semelhante – a migração outonal de aves planadoras.

De agosto a novembro, esta zona torna-se no principal corredor migratório do país para cegonhas, águias, abutres, gaviões, falcões, etc., sendo possível observar praticamente todas as espécies de aves planadoras que ocorrem em Portugal, bem como algumas raridades. Sagres é igualmente um local bastante interessante para observar aves marinhas, estepárias, passeriformes, entre outras.

As aves são sem dúvida a atração principal deste festival, que tem por objetivo “divulgar e impulsionar o turismo ornitológico na região algarvia” e “posicionar Sagres como um destino obrigatório dos birdwatchers, nacionais e estrangeiros”.

Contudo, será igualmente possível participar em atividades de observação de golfinhos ou mesmo dar um passeio de burro. “O objetivo é complementar a observação de aves com outras atividades ligadas à natureza atrativas para toda a família”, adianta a organização.

Atividades para todas as idades

Este ano a iniciativa foi alargada a mais dias, estendendo-se por uma semana. Nos primeiros dias, o festival estará aberto apenas a públicos específicos, nomeadamente, empresas, técnicos de câmaras municipais, universidades, escolas do concelho de Vila do Bispo, caçadores, pescadores e população local. As portas do festival abrem-se para o público em geral nos três últimos dias do evento, de 5 a 7 de outubro.

As atividades previstas vão dividir-se entre saídas de campo, passeios de barco, ações de monitorização de aves acompanhadas por especialistas, mini-cursos temáticos, cursos, jogos, tertúlias, entre muitas outras. Para a família destacam-se os ateliers de educação ambiental, a construção de caixas-ninho, os passeios de burro e de cavalo, e muito mais!

Os agentes locais, incluindo alojamentos, restauração e animação turística, uniram-se para receber da melhor forma os participantes, oferecendo preços especiais.