CRÓNICA DE FARO: Provedor Candeias Neto “Profissional do Ano”

OPINIÃO | JOÃO LEAL

Nos muitos milhares de clubes rotários que marcam presença em mais de 200 países em todo o mundo, vivendo a cada instante o ideal prosseguido pelo movimento criado por Paul Harris em Chicago (1904) o mês de Janeiro é dedicado aos Serviços Profissionais e eleito em cada um deles o denominado “Profissional do Ano” em que se homenageia um não membro de Rotary pelos serviços prestados à Comunidade, na presunção de que SERVIR é uma das grandes avenidas percorridas e ainda pelo seu passado e presente de dignidade, empenho, verticalidade e honradez.

No ano transacto o “Profissional do Ano do Rotary Clube de Faro” foi o eminente cirurgião e conhecido dirigente desportivo, político e cívico, Dr. António Manuel Gomes Ferreira, sucedendo-lhe em 2016 e numa votação por unanimidade, como uma carismática figura de referência na solidariedade social e na formação profissional, ao nível do País, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Faro, José Ricardo Candeias Neto, funções que desempenha initerruptamente há mais de 35 anos, com os mais relevantes serviços, quer ao concelho quer à região, de modo próprio numa acção focada para os mais pobres entre os pobres e através de múltiplas valências daquela Instituição com cinco séculos de benfazeja e venerável história.

O provedor Candeias Neto, posto que nascido em Moncarapacho, o que muito o orgulha, está desde ” menino e moço” ligado a Faro, pois aqui efetuou os seus estudos secundários e frequentou Sociologia, na capital sulina trabalhou até à aposentação em funções de relevante interesse (Serviço Nacional de Emprego, Instituto do Emprego e Formação Profissional, Centro Regional de Segurança Social, NARA – Núcleo do Artesanato da Região do Algarve, etc.) e reside há longas décadas com uma dedicação invulgar em tudo o que, quer à Misericórdia de Faro como às Misericórdias do Algarve e de Portugal importa.

Foi, como na merecida e participada homenagem que em reunião festiva do Rotary Clube de Faro teve lugar no Hotel EVA, o afirmou o reputado advogado e presidente do clube decano dos clubes rotários algarvios, Dr. José Manuel Sosa: “este é um reconhecimento da excelente e marcante obra executada no âmbito social pelo Provedor Candeias Neto, um cidadão conhecido na comunidade farense, que se distinga por promover e aderir aos mais altos padrões de ética na sua ocupação profissional e pelos relevantes serviços prestados à comunidade farense no campo da solidariedade e pelo seu testemunho do ideal de servir, que é missão de Rotary”.

João Leal