CRÓNICA DE FARO: O farense Pedro Cary, campeão europeu de futsal

OPINIÃO | JOÃO LEAL

Após o êxito que representou a conquista, pela vez primeira, em Julho de 2017, em Paris, do Campeonato da Europa de Futebol Sénior Masculino, Portugal registou também com sentido de novidade no seu vasto historial futebolístico, o título de Campeão Europeu de Futsal. Aconteceu em Llubjana, na Eslovénia, num dificílimo prolongamento ante a Espanha (detentora do título) com o resultado de 3-2. Nesta fase final da competição houve um destaque próprio para o jogador do Sporting, Pedro Cary, de seu nome completo, Pedro Miguel Fangueiro São Payo Cary, nascido na freguesia da Sé, na capital algarvia, a 10 de Maio de 1984 e que se iniciou na prática desta modalidade em espetacular ascenção na nossa região, alinhando no Sport Loulé Falcões e na Casa do Benfica de Loulé e já como sénior na Juventude Fontaínhas, em “Os Belenenses”, onde foi chamado pela primeira vez a representar Portugal, nos espanhóis Melilla (2006/07) e a partir de 2010 no Sporting Clube de Portugal.
Segundo filho do engenheiro agrónomo Pedro Castel-Branco Cary e de D. Maria Paula Ricardo Inês Fangueiro, sobrinho pelo lado paterno do IV Marquês de Sampaio, conta com 143 internacionalizações e alcançou nas mesmas 35 golos, contando no seu valioso currículo de um dos melhores jogadores de futsal, a nível mundial e para além de campeão europeu, com plena júbilo de todos nós com quatro Taças de Portugal e foi cinco vezes campeão nacional.
É de referir para além do valor intrínseco do atleta, hoje com 33 anos e de quanto nos orgulha a presença nesta singular equipa de natural de Faro, do esforço realizado quer a nível da Associação de Futebol do Algarve (AFA), como dos clubes pela divulgação e expansão desta variante futebolística.
Para o campeão europeu Pedro Cary, nascido na capital sulina e para a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e Associação de Futebol do Algarve as devidas e merecidas felicitações!

 

João Leal

You must be logged in to post a comment Login