Câmara de VRSA oferece sede à Companhia de Dança Splash

.

A Companhia de Dança Spalsh, de Vila Real de Santo António (VRSA), inaugurou na última semana o seu novo espaço, cedido pela câmara municipal. Recorde-se que, anteriormente, as aulas de dança funcionavam nas instalações da Universidade de Tempos Livres (UTL), em salas também facultadas pela autarquia.

A nova sede localiza-se no primeiro andar do edifíco situado em frente à Santa Casa da Misericordia, junto ao Campo de Jogos Francisco Gomes Socorro.

”Desde que formámos o grupo que sonhamos com um espaço assim”, conta Anna Avramenko, uma das mentoras do projeto Splash, junto com a sua mãe, Natalia Avramenko.

O presidente da Câmara Municipal de VRSA, Luís Gomes, um dos três membros do executivo presentes na inauguração, mostrou-se satisfeito por ajudar “um projeto que envolve tantas crianças”.

“A cedência deste espaço é a prova de que, apesar dos tempos difíceis em que vivemos, é possível ajudar”, considerou o autarca, revelando que a outra parte do edifício “será utilizada, no futuro, para a acolher um centro incubador de empresas”.

A Companhia de Dança Spalsh tem atualmente 50 alunos, crianças e jovens entre os 3 e os 18 anos. Cada um paga uma mensalidade de 25 euros, que inclui a aprendizagem de todas as modalidades de dança disponíveis (clássica, hip-hop, danças tradicionais, entre outras).

Esta semana abrem as aulas para adultos, que têm o valor de 20 euros por mês e por cada modalidade escolhida.